Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Justiça Comunitária enfrenta o fogo no Pantanal para atender ribeirinhos

O juiz-coordenador estadual da Justiça Comunitária, José Antônio Bezerra Filho, acompanhado de assessores e voluntários, realizou mais uma ação de atendimento a ribeirinhos de comunidades do município de Poconé (105 Km da Capital), no Pantanal mato-grossense. Nessa viagem, de quinta-feira a sábado, mesmo com os incêndios na região, 70 famílias, de várias localidades, entre as quais Moquem, Porto Cercado e Barra do Limoeiro, receberam a visita da comitiva que levou por água 1.400 quilos de alimentos não perecíveis e de roupas e kits de higiene bucal.   “Fomos recebidos com alegria e muita emoção, justamente porque esses ribeirinhos não esperavam essa ajuda agora, justamente quando enfrentam, além da seca, o perigo do fogo que queima um dos principais ecossistemas naturais do Brasil e do mundo. A situação é muito crítica, triste e desoladora”, assinalou o magistrado. Ele conta que essas populações estão isoladas e passando dificuldades de sobrevivência. Assim, na opinião do juiz-coordenador, “é preciso que a sociedade e as autoridades façam uma reflexão sobre a destruição da flora, fauna e sobre a vida de homens, mulheres e crianças que habitam essa região”.   Na visão dele, mais uma vez o Poder Judiciário fez a diferença e levou doações e também esperança para os moradores ribeirinhos. O magistrado disse que tudo só foi possível porque a Justiça Comunitária tem parceiros sensíveis com situações e causas humanitárias. “Chegar a essas comunidades, mesmo navegando, foi difícil. O fogo pulava de uma margem para outra e a visibilidade estava baixa por conta da fumaça, mas cumprimos nossa missão que foi de ir ao encontro de quem está precisando. E a única coisa que garanto é que a Justiça Comunitária não para e vai continuar atendendo esses cidadãos e cidadãs através da inclusão social, serviços e esclarecimentos, especialmente neste tempo de pandemia”, finalizou.        
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia