Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Poder Judiciário doa CPUs e monitores para o Hospital Regional de Alta Floresta

Dez CPUs e dez monitores foram doados ou cedidos pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, por meio do Fórum da Comarca de Alta Floresta, para o Hospital Regional de Alta Floresta. Os termos de cessão e doação foram assinados esta semana pela juíza diretora do Foro de Alta Floresta, Milena Ramos de Lima e Souza Paro, e pela diretora da unidade de saúde, Sônia Vanice Gonçalves Marques.   Considerados inservíveis para o Poder Judiciário de Mato Grosso, os equipamentos estão em plenas condições de uso e funcionamento e foram doados ou cedidos, por tempo determinado, com o objetivo de melhorar a qualidade do serviço prestado pela unidade de saúde. O valor dos equipamentos que constam dos termos de doação e cessão totaliza R$ 9 mil.   A diretora do hospital disse que essa doação chegou em boa hora, em razão do momento delicado que a sociedade está vivendo e que atinge principalmente o setor da saúde. “Esses equipamentos serão distribuídos entre todos os setores do hospital, garantindo mais agilidade no desenvolvimento dos trabalhos”, disse Sônia Marques, acrescentando a importância das parcerias em momentos de crise.   Por meio do Termo de Doação nº 001/2020 foram doados ao Hospital Regional de Alta Floresta dez CPUs, cada um avaliado em R$ 700,00, e cinco monitores, avaliados inpidualmente em R$ 150,00, totalizando o valor de R$ 7.750,00. Já por meio do Termo de Cessão nº 001/2020 foram doados para uso do Hospital Regional de Alta Floresta, pelo período de dois anos, cinco monitores, cada um avaliado em R$ 250,00, totalizando R$ 1.250,00.   De acordo o termo de cessão, esse período determinado de dois anos poderá ser prorrogado. A cessão também poderá ser convertida em doação, após análise da Comissão de Bens Inservíveis (Compibi) do Poder Judiciário de Mato Grosso.    
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia